O fiscal do contrato

  • Simone Aparecida Pelegrini
Palavras-chave: Fiscal de contrato. Administração pública. Licitação.

Resumo

Este artigo tem como finalidade demonstrar, de forma simples e objetiva, a importância do fiscal do contrato. Para a contratação de terceiros pela Administração Pública, a regra é realizar processo licitatório e formalizar contrato administrativo para sua execução. Os fiscais podem ser servidores da própria Administração ou contratados especialmente para esse fim. O resultado esperado é a fiel execução do contrato pelas partes e uma gestão pública ética, transparente, que atue em prol dos cidadãos.

Referências

ALEXANDRINO, Marcelo; PAULO, Vicente. Direito Administrativo. 5. ed.Rio de Janeiro: Impetus, 2004.

BANDEIRA DE MELO, Celso Antonio. Curso de Direito Administrativo. 19.ed. São Paulo: Malheiros Editores, 2005.

CÓDIGOS E LEIS. Disponíveis em: . Acesso em: 20 abr. 2011.

Lei nº 8.666/93 – Art. 68. O contratado deverá manter preposto, aceito pela Administração, no local da obra ou serviço, para representá-lo na execução do contrato.

JUSTEN FILHO, Marçal. Comentários a Lei de Licitações e contratos administrativos. 12 ed. São Paulo: Dialética, 2008.

TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO. Licitações e contratos: orientações básicas – Tribunal de Contas da União. 3. Ed. Brasília: TCU/Secretaria de Controle Interno, 2006.

Publicado
2013-06-30
Como Citar
Pelegrini, S. (2013). O fiscal do contrato. Revista Controle - Doutrina E Artigos, 11(1), 330-336. https://doi.org/10.32586/rcda.v11i1.271
Seção
Artigos