Reflexões sobre o Princípio da Proteção da Confiança Legítima no Direito Brasileiro

  • Raimundo Nonato Silva Santos
  • Pablo Freire Romão
Palavras-chave: Estado de Direito. Segurança Jurídica. Proteção da Confiança Legítima.

Resumo

O presente trabalho pretende realizar reflexões acerca do princípio da proteção da confiança legítima. Inicialmente, é realizada uma delimitação conceitual, bem como traçada a evolução histórica do instituto no Direito Brasileiro, para, em seguida, enquadrá-lo normativamente. Em relação aos resultados, constatou-se que o princípio da proteção da confiança representa a natureza subjetiva do princípio da segurança jurídica, possuindo, além de efeitos e conteúdos próprios, significação constitucional. Por meio de sua aplicação, percebe-se a viabilidade de manutenção de atos administrativos ilegais que, em virtude da presunção de legitimidade, tiveram seus efeitos prolongados no tempo. A título de conclusão, o princípio da proteção da confiança legítima representa a consagração de axiomas éticos no âmbito da AdministraçãoPública, impedindo alterações abruptas das condutas estatais, notadamente daquelas que, além de gerarem solo fértil ao surgimento de bases de fidúcia, faz com que o exercício da confiança se dê por um logo período de tempo.

Referências

ÁVILA, Humberto Bergmann. Teoria dos princípios: da definição à aplicação dos princípios jurídicos. 6 ed. São Paulo: Malheiros, 2006.

BAPTISTA, Patrícia Ferreira. Segurança jurídica e proteção da confiança legítima no direito administrativo: análise sistemática e critérios de aplicação no direito administrativo brasileiro. Tese de doutorado apresentada ao

Departamento de Direito da Faculdade de Direito da USP. São Paulo, 2006.

BANDEIRA DE MELLO, Celso Antônio. Curso de Direito Administrativo. 30 ed. São Paulo: Malheiros, 2013.

BRASIL. Supremo Tribunal Federal. Acórdão na Ação Cível Originária nº 79/MT . Relator: PELUSO, Cezar. Tribunal Pleno. Julgamento em 15/03/2012. Publicado no DJ de 28/06/2012. Disponível em: <http://www.stf.jus.br>. Acesso em: 16 ago 2014

BRITO, Mirella Barros Conceição. Segurança jurídico-tributária e proteção da confiança do contribuinte no Estado de Direito. Disponível em: <http://www.revistas.unifacs.br>. Acesso em: 12 out 2014.

BARROSO, Luís Roberto. Mudança da jurisprudência do Supremo Tribunal Federal em matéria tributária: segurança jurídica e modulação dos efeitos temporais das decisões judiciais. Revista de Direito do Estado. São

Paulo, nº 2, p. 261-288, abr/jun, 2006.

CANOTILHO, José Joaquim Gomes. Direito Constitucional e Teoria da Constituição. 7 ed. Coimbra: Almedina, 2000.

COUTO E SILVA, Almiro do. O princípio da Segurança Jurídica (Proteção à Confiança) no Direito Público Brasileiro e o Direito da Administração Pública de Anular seus Próprios Atos Administrativos: o prazo decadencial

do art. 54 da lei do processo administrativo da União (Lei nº 9784/99). Revista Eletrônica de Direito do Estado, Salvador, Instituto de Direito Público da Bahia, nº 2, abril/maio/junho, 2005. Disponível em: <http://www.direitodoestado.com.br. Acesso em: 12 ago 2014.

DERZI, Misabel Abreu Machado. Modificações da jurisprudência: proteção da confiança, boa-fé objetiva e irretroatividade como limitações constitucionais ao poder judicial de tributar. São Paulo: Noeses, 2009.

FONSECA, Tiago da Silva. A afirmação da previsibilidade no Direito Tributário. Disponível em: < http://www.bibliotecadigital.ufmg.br>. Acesso em 09 set 2014.

________________________. Proteção da contribuinte e Fazenda contra atos contraditórios e modificações de jurisprudência em Direito Tributário. Disponível em: < http://www.pgfn.fazenda.gov.br>. Acesso em: 10

ago 2014.

LEÃO, Martha Toribio. O princípio da proteção da confiança e o poder revogatório da Administração Pública. Disponível em: http://www.lume.ufrgs.br>. Acesso em: 10 out 2014.

LARENZ, Karl. Derecho Justo: Fundamentos de Etica Juridica. Madrid: Civitas, 1985.

MACCORMICK, Neil. Rhetoric and the Rule of Law. Nova York: Ofor University Press, 2005.

MAFFINI, Rafael da Cás. Princípio da Proteção Substancial da Confiança no Direito Administrativo Brasileiro. Porto Alegre: Verbo Jurídico, 2006.

MAURER, Hartmut. Elementos de Direito Administrativo Alemão. Trad. Luís Afondo Heck. Porto Alegre: Sérgio Antônio Fabris Editor, 2001.

________________. Garantia de continuidade e proteção à confiança. Trad. Luís Afonso Heck. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2009.

PEREIRA, Nerylton Thiago Lopes. Proteção à confiança em matéria tributária e o Poder Judiciário. Disponível em: < http://www.publicadireito.com.br >. Acesso em: 10 out 2014.

PORTO, Éderson Garin. Estado de Direito e Direito Tributário. Norma limitadora ao poder de tributar. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2009.

___________________. Segurança jurídica frente às mutações jurisprudenciais em matéria tributária. Disponível em: < http://www.guaiba.ulbra.br>. Acesso em: 10 set 2014.

OLIVEIRA, Rafael Carvalho Rezende. O princípio da proteção da confiança legítima no Direito Administrativo Brasileiro. Disponível em: <http://www.rio.rj.gov.br>. Acesso em: 11 ago 2014.

ROCHA, Ludiana Carla Braga Façanha Rocha; DINIZ, Mário Augusto de Vasconcelos. A administração pública e o princípio da confiança legítima. Disponível em: <http://www.conpedi.org.br>. Acesso em: 12 set 2014.

SERPA JUNIOR, Wagner. Princípio da proteção à confiança legítima em matéria tributária e modulação dos efeitos das decisões judiciais. Disponível em: <http://www.mackenzie.br>. Acesso em: 15 set 2014.

SILVA, Veríssimo Tarrago da. O princípio da proteção à confiança no âmbito de Direito Tributário. Disponível em: < http://www.pucrs.br>. Acesso em: 15 ago 2014.

Publicado
2016-11-25
Como Citar
Santos, R., & Romão, P. (2016). Reflexões sobre o Princípio da Proteção da Confiança Legítima no Direito Brasileiro. Revista Controle - Doutrina E Artigos, 12(2), 282-306. https://doi.org/10.32586/rcda.v12i2.118
Seção
Artigos