Inteligência computacional aplicada ao controle externo da administração pública: aplicações da classificação de padrões utilizando redes neurais artificiais

  • Renan Martins de Sousa
Palavras-chave: Controle Externo. Inteligência Computacional Aplicada. Redes Neurais. Classificação de Padrões. Auditoria. Tribunal de Contas da União.

Resumo

O crescimento do poder computacional e da disponibilidade de grandes bases de dados governamentais tem levado a um crescente interesse no uso da inteligência computacional em áreas ainda não muito exploradas, como as atividades de auditoria relacionadas ao controle da administração pública. Este artigo tem por objetivo mostrar que a capacidade das redes neurais artificiais de classificar padrões pode ajudar as Cortes de Contas a desempenhar suas competências de forma mais eficiente. Aplicações típicas de auditoria estão relacionadas à detecção de fraudes, auditoria de demonstrações contábeis e avaliação de risco, dentre outras. O Tribunal de Contas da União (TCU) tem realizado diversas ações para desenvolver habilidades relacionadas à análise de dados, dentre as quais se destaca a inauguração de um Centro de Pesquisa e Inovação (CePI).
Publicado
2015-12-31
Como Citar
Sousa, R. (2015). Inteligência computacional aplicada ao controle externo da administração pública: aplicações da classificação de padrões utilizando redes neurais artificiais. Revista Controle - Doutrina E Artigos, 13(2), 201-218. https://doi.org/10.32586/rcda.v13i2.11
Seção
Artigos