A Importância do Plano Plurianual Participativo na Gestão Pública

  • Wilson Rodrigues Ferreira Filho
Palavras-chave: Orçamento Participativo. Planejamento Governamental. Plano Plurianual.

Resumo

A cada dia a sociedade brasileira vem ultrapassando antigos obstáculos no que tange à participação popular na administração da coisa pública, ganhando mais espaço nas decisões importantes dos governos, seja federal, estadual ou municipal. Como exemplo, temos as iniciativas dos três entes federados em implantarem em suas administrações o chamado Plano Plurianual Participativo (PPA-P), ideia já adotada em vários governos pelo País, que vem dando resultados positivos em busca de uma nova cara para a gestão pública. Neste trabalho busca-se demonstrar a importância do PPA Participativo Brasileiro, mostrando como a União, os Estados e os municípios brasileiros estão trabalhando esse processo com a sociedade, partindo da premissa de que a população e os demais segmentos sociais devem colaborar para a construção de uma gestão pública eficiente, que esteja mais próxima dos anseios da coletividade.

Referências

ABRUCIO, Fernando; FRANZESE, Cibele. Federalismo e políticas públicas: o impacto das relações intergovernamentais no Brasil. Disponível em: . Acesso em: 08 mar 2015.

ATA da 1a Reunião Ordinária do Conselho de Acompanhamento do Plano Plurianual. (CAPPA). Secretaria do Planejamento, Salvador, 6 e 7 de julho de 2008a.

AVRITZER, Luciano. O orçamento participativo e a teoria democrática: um balanço crítico. 2002. Disponível em: <http://www.democraciaparticipativa.org/files/LeonardoAvritzer-Oor%E7amentoparticipativoeateoriademocr%

E1ticaumbalan%E7ocr%EDtico.pdf> Acesso em: 03 mar 2015.

BAHIA, Secretaria do Planejamento. Trinta e cinco anos de planejamento na Bahia. Salvador: SEPLAN, 2006b. 148 p.

BAHIA. Secretaria de Planejamento. PPA PARTICIPATIVO tem mais de oito mil sugestões Salvador, 19 jun. 2007. Disponível em: <http://www.ppaparticipativo.ba.gov.br/noticias/19_06_2007.asp>. Acesso em: 15 mar 2015.

______. Secretaria de Planejamento. Caderno do PPA Participativo 2008-2011. Salvador; SEPLAN, 2007b. 30p. Disponível em:< http://www.redereparte.org.br/arquivos/reparte08-10-2008_163525.pdf>>. Acesso em: 17 mar 2015.

BRASIL. Congresso Nacional. Constituição da República Federativa do Brasil de 1998. Brasília: Senado Federal, 1998.

BRASIL. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Plano Plurianual 2012-2015 – Plano Mais Brasil. Disponível em:< http://www.planejamento.gov.br>>. Acesso em: 10 mar 2015.

BRASIL. Lei n.º 4.320/64, que estatui normas de Direito Financeiro para elaboração e controle dos Orçamentos e Balanços da União, dos Estados, dos Municípios e do Distrito Federal. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br>>. Acesso em: 02 mar 2015

BRASIL. Lei Complementar n.º 101/2000, que estabelece normas de finanças públicas voltadas para a responsabilidade na gestão fiscal. Disponível em: >. Acesso em: 09 mar 2015

BOSI, José Alfredo. Democracia participativa: uma alternativa para novos desenhos institucionais. A experiência da área orçamentária. 2007. 114 p. Dissertação (Mestrado em Administração). Programa de Estudos Pós-

Graduados em Administração, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007.

DELGADO, Nelson; LEITE, Sérgio. Gestão social e novas institucionalidades no âmbito da política de desenvolvimento territorial. In: MIRANDA, Carlos; TIBÚRCIO, Breno. Políticas públicas, atores sociais e desenvolvimento territorial no Brasil. Brasília: IICA, 2011 (Série desenvolvimento rural sustentável; v. 14).

FARAH, Marta Ferreira Santos. Gestão Pública Municipal e Inovação no Brasil. In: Administração Pública no Brasil: breve história política. Christina Andrews e Edison Bariani (Orgs). São Paulo: Editora Unifesp, 2010.

FEDOZZI, Luciano. Esfera pública e cidadania: a experiência do Orçamento Participativo de Porto Alegre. Ensaios FEE, Porto Alegre, v. 19, n. 2, p.236-271, 1998.

FIALHO, Rogério Correa. O PPA no Rio Grande do Sul: da exigência legal ao instrumento de gestão. Porto Alegre: Secretaria do Planejamento e Gestão, 2007. Disponível em: <http://www.seplag.rs.gov.br/conteudoPuro_

lista.asp?ta=1&modo_exibicao=LISTA&cod_menu=455>. Acesso em: 10 mar 2015.

GOHN, Maria da Glória. Teorias dos Movimentos Sociais: Paradigmas Clássicos e Contemporâneos. São Paulo: Loyola, 2006.

FORTES, João. A Lei de Responsabilidade Fiscal e seus impactos no Orçamento e na Contabilidade dos Estados e Municípios. Brasília: Franco & Fortes, 2001.

GIACOMONI, James. Orçamento Público. 8. ed. São Paulo: Atlas,1998;

GUGLIANO, Alfredo Alejandro. Trajetórias dos orçamentos participativos: notas sobre os processos de Porto Alegre, Montevidéu e Buenos Aires. Ensaios FEE, Porto Alegre, v. 31, n. 1, p.187-208, ago. 2010. Disponível

em: revistas.fee.tche.br/index.php/ensaios/article/download/2227/2756. Acessado em: 22 fev 2015.

INESC – Instituto de Estudos Socioeconômicos. PPA 2008/2011: as prioridades do governo Lula - Brasília, novembro 2007 - Ano VII - nº 13 – Disponível em: <http://www.inesc.org.br/biblioteca/publicacoes/artigos/

ARTIGO%20PPA%202008%202011. pdf>.Acesso em: 20 fev 2015.

KOHAMA, Heilio. Contabilidade Pública: teoria e prática. 10. ed. São Paulo: Atlas, 2006;

LUCHMANN, Lígia. Possibilidades e limites da democracia deliberativa. A experiência do orçamento participativo de Porto Alegre. 2002. 863 p. Tese (Doutorado em Ciências Sociais). Instituto de Filosofia e Ciências

Humanas, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2002.

MARANHÃO. Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão. PPA 2012-2015. Disponível em: . Acesso em: 06 mar 2015.

MARTINS, Ives Gandra da Silva; NASCIMENTO, Carlos Valder do (Org.). Comentários à Lei de responsabilidade fiscal. 6. ed. São Paulo: Saraiva, 2012.

MOTTA, Carlos Pinto. Responsabilidade Fiscal. Lei Complementar n.º 101/2000, de 04/05/2000. ed. Revista e atualizada. São Paulo: Del Rey, 2000.

NASCIMENTO, Edson Ronaldo. Entendendo a Lei de Responsabilidade Fiscal. 2.ª ed. Atualizada. Tesouro Nacional, 2001;

NETO, João Régis. Plano Plurianual Participativo. Salvador: 4 ago. 2011. Informações verbais concedidas a André Silva Pomponet.

ORTUSTE, Gonzalo. La participación popular em Bolivia: hacia el desarrollo rural y ciudadano. Cuadernos del CENDES 16(40) enero-abril 1999 : 199-207. Disponível em: <http://biblioteca.cepal.org/search*spi>. Acesso

em: 12 fev 2015.

OJEDA, Lautaro. Políticas de bienestar social y participación popular en el Ecuador. Quito: ILDIS, 1988. Disponível em: <http://biblioteca.cepal.org/search*spi>. Acesso em: 02 mar 2015.

POMPONET, André Silva. Obstáculos institucionais à participação

popular na administração Pública na Bahia. V CONSAD - Congresso de Gestão Pública - Centro de Convenções Ulysses Guimarães Brasília/DF Disponível em: < http://www.escoladegoverno.rn.gov.br/content/aplicacao/searh_eg/imprensa/pdf/153.pdf>.Acesso em: 05 mar 2015

RIO GRANDE DO SUL, Sistema Estadual de Participação Popular e Cidadã. Governo do Rio Grande do Sul. Disponível em: < http://www.participa.rs.gov.br/>.Acesso em: 09 mar 2015

SÃO PAULO, Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Santo André. Disponível em .Acesso em: 15 mar 2015

SOBOTTKA, Emil. Orçamento participativo conciliando direitos sociais de cidadania e legitimidade do governo. Civitas, Porto Alegre, v. 4, n.1, p. 95-110, jan./jun. 2004.

SOUZA, Celina. Construção e consolidação de instituições democráticas: papel do orçamento participtivo. São Paulo em Perspectiva, v.15, n. 4, São Paulo, 2001.

______. Orçamento participativo: as análises das experiências de Porto Alegre e Belo Horizonte. In: Administração Pública no Brasil. Breve História Política. Christina W. Andrews e Edison Bariani (Orgs). São Paulo:

Unifesp, 2010.

XAVIER, Zuleika Serafim. Lei de Responsabilidade fiscal: uma administração consciente. São Paulo. ed. CD, 2001.

WAINWRIGHT, Hillary. Poder popular no século XXI. São Paulo, Xamã, 2005.

Publicado
2016-11-25
Como Citar
Ferreira Filho, W. (2016). A Importância do Plano Plurianual Participativo na Gestão Pública. Revista Controle - Doutrina E Artigos, 12(2), 147-164. https://doi.org/10.32586/rcda.v12i2.106
Seção
Artigos